FUNDAÇÕES ESPECIAIS E GEOTECNIA

A LÓGICA


Tirando partido do seu historial, a INDUBEL levou ainda mais longe a sua capacidade inovadora e entrou na área da geotecnia, em particular das fundações especiais.


A decisão da abertura do departamento de fundações especiais no ano de 1989, baseou-se na associação lógica do interesse, desde sempre existente na INDUBEL, pelas áreas da engenharia civil mais complexas e tecnologicamente mais desenvolvidas, com a economia de escala que a utilização de equipamentos comuns às áreas da pré-fabricação e do pré-esforço permite alcançar.


A INDUBEL, através da capacidade e experiência excepcionais já adquiridas pelas equipes técnicas, não só consolida a sua imagem nos mercados nacional e internacional, como aproveita para incrementar novas áreas neste departamento, de forma a especializar-se também na execução de fundações especiais e demais trabalhos geotécnicos.


Ao longo dos 20 anos desta actividade na empresa, os serviços oferecidos têm vindo a ampliar-se de forma insigne, assim como a experiência que, cada vez maior, permitiu conquistar especial credibilidade no mercado para executar trabalhos de grande especialização e essencialmente de grande complexidade.


Sendo ambição elevar cada vez mais a confiança e qualidade dos seus produtos, é preocupação constante da INDUBEL manter uma contínua renovação e formação dos seus meios tecnológicos e operacionais, assim como das suas equipes altamente qualificadas.


Numa vasta oferta de soluções já realizadas, onde o denominador comum é uma eficácia a toda a prova, destacamos: a execução de estabilização de taludes e tratamento de solos e rochas (ancoragens, pregagens, betão projectado, drenos, injecções entre outros), paredes de contenção periférica (muros tipo ‘‘Berlim’’ e ’‘Munique’’, cortinas de estacas e microestacas), fundações indirectas (realização de microestacas, estacas moldadas em betão armado com tubo de revestimento recuperado ou perdido e/ou com recurso a fluidos estabilizadores), prospecção geotécnica (sondagens com realização de ensaios ’’in situ’’ e de laboratório), ensaios e monitorização, (ensaios de carga a estacas, microestacas, ancoragens e pregagens e controlo de esforços e deslocamentos).


A GEOTECNIA É MAIS DO QUE A ENGENHARIA DOS SOLOS E ROCHAS, É O PROCESSO QUE PERMITE CONHECER A TERRA ONDE ESTAMOS A CONSTRUIR.